Avaliação quantitativa da presença de remanescentes de hidróxido de cálcio associado a diferentes veículos após a fase de remoção da medicação intracanal

Por Administrador

Edição V03N02 | Ano 2013 | Editorial Artigo Inédito | Páginas 30 até 34

Renata Pereira Alves-balvedi, Fabio De Freitas Manna, João Carlos Gabrielli Biffi

Introdução: o objetivo desse estudo é avaliar, após a remoção, a presença de resíduos de hidróxido de cálcio (HC) associado a diferentes veículos no terços cervical, médio e apical. Métodos: quarenta e cinco dentes bovinos foram seccionados transversalmente a uma distância de 18mm do ápice. Os canais foram biomecanicamente preparados e receberam HC. As amostras foram distribuídas em grupos (n = 10): G1, soro fisiológico; G2, HC (PA); G3, polietilenoglicol; G4, polietilenoglicol + PMCC; Controle negativo, sem HC (n = 5). Após sete dias, a medicação foi removida sob ação mecânica de lima associada a irrigação com soro fisiológico, até que a solução de refluxo estivesse transparente. As raízes foram seccionadas longitudinalmente em duas metades, que foram fotografadas e, depois, tiveram suas fotografias digitalizadas, possibilitando que os resíduos de hidróxido de cálcio fossem macroscopicamente quantificados pelo software Image Tools. Resultados: os resultados estatísticos evidenciaram que resíduos da medicação estavam presentes nos canais, sendo que até mesmo o soro fisiológico, apresentando, quantidade menor de resíduos, apresentou uma concentração maior no terço apical.

Alves-Balvedi RP, Manna FF, Biffi JCG. Quantitative as- sessment of the presence of calcium hydroxide remnants associated with different vehicles after removal of intracanal medication. Dental Press Endod. 2013 May- Aug;3(2):30-4.